Pular para o conteúdo principal
Publicado em 16, Oct 2020 por thais.braga
Senai - Mais Prevenção
Contra Coronavírus

Nas ações do Senai de combate à pandemia do COVID-19, foi instalada uma plataforma online de Central de Suporte à Indústria, em parceria com o Observatório FIESC, para orientar e triar dúvidas das empresas catarinenses. As temáticas atendidas na Central são as seguintes:
- produção de EPIs
- saúde e segurança
- questões jurídicas
- gestão de pessoas e processos
- importação e exportação
- linhas de crédito e financiamento

PRODUÇÃO DE EPIs
Nessa frente de trabalho foram disponibilizadas normativas técnicas relativas à produção dos principais EPIs utilizados na pandemia do COVID-19: máscaras, aventais, macacões, face shield e álcool 70%. Essas normativas são protocolos dos órgãos de saúde competentes como ANVISA, Ministério do Trabalho e OMS, bem como de resoluções do governo relacionadas ao tema.

Para contribuir com o incremento da produção desses EPIs, que apresentaram escassez no início da pandemia, o SENAI em parceria com outras empresas e institutos de pesquisa, desenvolveram ainda fichas técnicas, modelos, especificações para produção destes EPIs de forma simplificada e adaptada para confecção em maquinário industrial tradicional. Para a produção desses EPIs também foi disponibilizada uma lista de possíveis fornecedores passíveis de atender à demanda produtiva.

De acordo com a Portaria nº 3.214 de 08 de junho de 1978 do Ministério do Trabalho o Equipamento de Proteção Individual é todo dispositivo ou produto, de uso individual utilizado pelo trabalhador, destinado à proteção de riscos suscetíveis de ameaçar a segurança e a saúde no trabalho.

Como suporte a esta demanda emergencial devido a pandemia de Covid-19, causado pelo SARS-CoV-2, decidimos agregar em um único ambiente algumas regras básicas que devem ser atendidas para fabricação de EPIs, considerando: resistência, aplicabilidade ao risco, esterilização, manipulação, embalagem, certificação, entre outros.

 

SAUDE E SEGURANÇA
Para apoiar e dar subsidio à indústria catarinense para a volta às atividades, a Fiesc e o Senai preparam uma série de documentos relativos à saúde e segurança dos trabalhadores para garantir uma retomada segura. 

Ao início da pandemia e com as adequações ao trabalho em modalidade home office, foi elaborado um guia de ergonomia e comportamento preventivo para o trabalho em home office. Naquele momento também foi elaborado um guia com instruções para prevenção da transmissão do vírus para as empresas que continuavam suas atividades, ainda que com quadro de profissionais reduzido.

No momento da retomada das atividades econômicas foram lançados guia de orientação para criação de plano de contingenciamento das indústrias, bem como protocolos de saúde, cartazes e checklist que oferecem passo a passo para empresas criarem seus planos de gestão de crise, com a liberação do funcionamento de estabelecimentos comerciais e industriais.